20 de março de 2013

PINTO GROSSO DO MEU TIO TIROU MINHA VIRGINDADE




Me chamo Serginho e a história que conto agora aconteceu quando eu tinha 17 anos.

Tinha acabado de passar no vestibular e como premio, fui passar uns dias na casa da Suely, uma prima da minha mãe em Búzios.

Cheguei lá e fui muito bem recebido por ela e seu marido, o Jorge. Ela tinha uns 35 anos e o Jorge 45.
Acontece que a mãe da Suely teve que fazer uma cirurgia de emergência e ela viajou para o Nordeste no dia que cheguei. Eu teria de ficar sozinho na casa com o Jorge, que era um coroa muito simpático, bronzeado e boa pinta.
Ele como sempre, me deixou muito a vontade. Já tinha passado ferias lá em Búzios e tinha até uma namoradinha por lá que eu estava doido para ver de novo.
No final da tarde pedimos uma pizza e umas cervejas. O Jorge é muito divertido, contou mil casos de quando era solteiro e das putarias que aprontava. Eu fiquei excitado com as histórias e pra disfarcar fui tomar um banho.  Quando voltei pra sala ele estava fumando um baseado e assistindo um filme pornô. Disse que era pra relaxar, já que ia ter de ficar na seca por um tempo.
Me convidou a assistir também ao filme, me passou o baseado, tirou o pau pra fora e começou a mexer nele lentamente. Eu fiquei sem jeito olhando aquilo e ele falou:
- É bonito e grande, né?
- É grande mesmo... - Respondi sem perceber o que falava.
- A Suely adora! Porque você não bate uma punheta também?
- Você já pegou num pau antes?

- Que isso Jorge, tá me estranhando?

- Não, nada disso, mas eu sei que meu pau é grande, grosso e quem ve tem a curiosidade de pegar. Ele não é bonito?
- É...- Com muita vergonha... e grande surpresa, respondi.
A cerveja e o baseado estavam me fazendo ficar louco, só podia ser isso. Nunca tinha achado o pau de ninguém bonito e não curtia sacanagem com outro cara, mesmo sendo super liberal e sem nenhum tipo de preconceitos.
- Então, se você bater uma punheta pra mim, eu te empresto o carro pra você sair. Sei que você tá comendo uma menininha aqui desde o ano passado e de carro fica mais fácil. Ninguém vai ficar sabendo de nada disso, eu prometo.
Foi me puxando pra perto dele, pegando minha mão e levando para seu pau.
Nem deu tempo de reagir e eu estava com a mão no pau dele, com a mão dele por cima da minha, já punhetando.
- Passa a marcha aqui pra mim que depois você vai passar a marcha no carro e comer a sua gatinha…- Falou bem sacana.
Ficar com o carro a noite ia ser mesmo uma boa e bater uma punheta em outro cara não ia mudar em nada minha sexualidade. Gostava de mulher e ponto final. Continuei a punhetar mesmo quendo ele tirou a mão dele de cima da minha.
- Bate gostoso até eu gozar.- Falou baixinho se recostando no sofa e abrindo as pernas.
E foi o que aconteceu. Ele fechou os olhos e dali a pouco começou a jorrar porra pra tudo que é lado, melecando toda a minha mão.
Então ele chegou mais perto de mim e falou no meu ouvido.
- Quando a sua putinha estiver te chupando, pensa no meu pau.
Deu uma lambinda enfiando a lingua no meu ouvido. Eu fiquei assustado com o tesão que aquela situacão tinha me dado, levantei num pulo e fui para o banheiro me limpar.
Bom, peguei o carro feliz da vida e fui encontrar minha namoradinha.
Estacionei numa praia deserta e ficamos num gostoso amasso, mas minha namoradinha não me dava porque era virgem e tinha só 15 aninhos. Depois de muita insistencia e com muito carinho, convenci que me chupasse um pouquinho. Estava para explodir de tesão com todos os acontecimentos do dia, e engraçado, realmente fiquei pensando no pau do Jorge enquanto ela me chupava. Fiquei puto quando ela parou de chupar justo quando eu ia gozar dizendo que estava com nojo.
Voltei pra casa e encontrei o Jorge assistindo qualquer coisa na TV.
- E aí, foi bom? Valeu a pena sair de carro?- Perguntou.
- Foi bom sim.
- Comeu a putinha?
Fiquei sem graça e disse que não. Que ela só me chupava.
- Pelo menos ela chupa bem? Você gozou bem gostoso?
- S-s-sim...- Menti para não ficar por baixo.
- Então valeu a pena a punhetinha que você bateu pra mim, não foi?
Falava com uma cara de sacana, de macho realmente safado já alisando o pauzão(pau grande) duro dentro da cueca branca.
- Vem aqui me agradecer e bate mais uma pra mim.
-Pô Jorge, qual é? Ta pensando que sou viado e vou ficar pegando no seu cacete toda a hora?
- Que isso, Serginho, vou te emprestar o carro amanha a noite também…
Já que eu estava mesmo molhado, um chuvisco a mais não faria tanta diferenca, pensei. Sentei no sofá ao seu lado, ele tirou o pau pra fora e comecei a punhetá-lo.
Para ficar numa posição melhor, me ajoelhei na frente dele no meio das suas pernas abertas e comecei a olhar aquele pauzão mais de perto.
- A Suely adora chupar meu pau e eu já tô na maior saudade de uma chupada. Dá uma chupadinha nele, vai.
-Que isso, Jorge? Ta louco mané? To fazendo isso so pra descolar o carro.
- Bobagem Serginho, dá uma chupadinha só pra você ver como é gostoso. Se você chupar eu deixo você trazer sua namoradinha aqui em casa pra comer ela numa cama, bem tranquilo e seguro.
E foi puxando minha cabeça pra perto do seu pau. Mesmo que eu não quisesse admitir, estava no maoir tesão e com uma puta curiosidade em saber como era ter um cacetão daquele em minha boca. Quando eu vi já estava cara a cara com a pau dele.
- Dá só um beijinho na cabecinha, Serginho.- Falou bem baixinho.
Todo meu corpo tremia quando eu me aproximei um pouco mais minha boca do seu pau. Ele precionava mais forte minha cabeca, mas eu ainda resistia.
- Só um beijinho…
Eu segurava na base da sua pica, deixando a cabecona exposta a poucos centimetros dos meus labios louco de vontade de dar um “beijinho”, mas meu lado machão ainda resistia forte. Fechei os olhos e encostei os labios bem na abertura da uretra, sentindo o gostinho da “babinha” que saia em abundancia da sua pica. Jorge segurou firme com as duas maos minha cabeça e enfiou tudo que pode na minha boca.
-Ahhhh !!!! Agora chupa gostoso que eu sei que você vai gostar.
Aquilo era estranho, mas a sensação até que era boa. Não sentia nojo como as meninas que eu ja tinha ficado falava. Ele começou a falar sacanagens e me falar o que fazer.
- “Vai, chupa gostoso Serginho.”                 
“Aperta a cabeça com a lingua e tenta engolir toda, vai…”
“Agora lambe como um pirulito, chupa minhas bolas e vai lambendo até a cabeca…”
“ Haaa! Que tesão Serginho. Vai, enfia tudo com vontade, deixa de vergonha boba, eu sei que você ta gostando, chupa com vontade, vai…”
Eu ouvindo tudo aquilo, fui deixando o tesão controlar meus atos e me entreguei. Comecei a chupar com vontade mesmo, fazendo tudo o que eu via em videos e as coisas que eu adorava que fizessem na minha pica. Ai sim que ficou bom. Arrancava gemidos loucos daquele coroa safado como se eu fosse um chupador de pica de primeira linha.
Quando ele falou que ia gozar eu me afastei e voou porra pra todo lado.
-Ah Serginho, isso foi sacanagem, eu queria gozar na sua boca.
Eu, instintivamente, continuei punhetando até o pau dele ficar mole. Estava completamente fascinado com a visão daquele pauzão.
-Humm! Mas tudo bem, fica pra próxima. Foi uma delicia, até me faz duvidar que você nunca tinha chupado um cacete antes.
- Para com esse papo Jorge. Fica na tua mané !! Isso só foi uma loucura que fiz pensando só em trazer minha gata pra ca…- Falei.
A realidade bateu. Fiquei em choque pensando no que tinha acontecido e fui pro meu quarto. Não estava conseguindo dormir e minha pica estava até doendo de tão dura, acabei batendo uma bela de uma punheta pensando no pau do Jorge em minha boca, mas ainda fiquei com tesão a noite toda. 
No outro dia anoite sai de carro e enquanto minha namoradinha me chupava, ficava só pensando no Jorge. Mais uma vez ela parou “no meio do caminho”, cuspindo e dizendo que queria vomitar de nojo. Foi a gota d’agua, dei uma desculpa e voltei mais cedo pra casa. Estava gostando mais de chupar o pau do Jorge do que ter o meu pau chupado por uma garotinha nojenta que nem sabe ainda a delicia de uma chupada. Vai ver ela ainda iria descobrir que gosta mesmo é de chupar uma vagina.
Cheguei em casa e ao passar pelo quarto do Jorge me deparei com uma cena já conhecida: Ele dormindo nu, todo a vontade na cama de casal.
Fiquei olhando pra ele por um longo tempo. Sabia que o Jorge estava adorando aquilo tudo tanto quanto eu e apesar da vergonha resolvi fazer uma surpresa. Tinha acabado de fumar um baseado, o que me deixava com mais tesão ainda.
Sem pensar muito, entrei no quarto e sentei na cama ao lado dele. Comecei a passar a mão no seu pau, mas como ele dormia, nada aconteceu. Passei a dar uns beijinhos, sentindo o cheiro de macho que emanava de sua pele e fui tirando minha roupa.
Lambi suas bolas e comecei a lamber a cabeça da sua pica. Jorge deu uma suspirada mas não acordou, ele devia ter fumado "um" também pra estar com o sono tão pesado.
Comecei a chupar e seu pau começou a crescer. Engraçado, parecia que estava ficando maior do que antes. Ele acordou com uns gemidinhos, rebolando e metendo sua pica na minha boca.
- Já aprendeu o caminho da felicidade, né putinho?
“Chupa teu macho gostoso, seu muleque…”
“Arregaça a cabeça do meu pau e passa a lingua. Ai que gostoso Serginho…” 
“Aperta entre os seus lábios, vai putinho. Isshh!!! Que chupada deliciosa, cara…”
Me puxou para a cama, ficando numa posição de 69. Deu uma chupadinha no meu pau e foi direto pro meu cuzinho que começou a piscar involuntariamente e Jorge percebendo deu corda:
- Pisca, vai! Pisca essse cuzinho pra mim.
Isso me deu um baita dum tesão e eu comecei a rebolar me abrindo todo pra ele. Fiquei quase sentado na cara dele, com a pontinha da sua lingua enfiada no meu trazeiro e rebolando como um louco.
- Hoje vou te comer, seu putinho. Vou meter meu pau na sua bundinha e você vai adorar! Depois de hoje você vai querer sentar na minha vara todo dia!
- Não Jorge! Não sou viado, não vou dar meu cu pra você não!
- Se não é viado, o que tá fazendo com meu pau na boca?
- Ah Jorge, é só uma sacanagem entre a gente. Nada a ver, vc tambem ta chupando meu pau, isso quer dizer que vc é viado?
- Tô sentindo seu cu piscar na minha língua, doido pra levar rola! Confessa que você quer levar uma pirocada no cu, vai sua puta! Fala que quer sentir meu caralhão entrando centimetro por centimetro nesse teu rabinho peludo. Tô sentindo que seu rabinho vai se abrir todinho como uma flor e agasalhar minha caceta até sumir tudo lá dentro.
-Não Jorge. Eu não vou dar meu cu. Você não vai me enrabar, eu só tô dando uma chupadinha na sua pica pra você ficar feliz e me emprestar seu carro.
- Eu não vou ficar insistindo Serginho. Eu to louco pra meter no seu rabinho, mas mais tarde vc vai ter que me pedir.
O pensamento ficou martelando minha cabeca, eu chupava sua pica imaginando aquilo tudo entrando no meu cuzinho. Jorge engoliu meu pau e ficou passando o dedo no olhinho do meu cu. Quando ele tentava meter o dedo, eu rebolava pra sair da reta, mas o Jorge não desistia e aquela pressão na portinha do cu estava ficando cada vez mais gostoso. Ate que seu dedo foi entrando devagar, dolorido, mas muito gostoso. Gozei enchendo a boca dele de porra e logo ele retribuiu enchendo a minha.
Cai para o lado e ficamos calados por um tempo e acabamos dormindo ali mesmo.
Quando acordei no dia seguinte, o Jorge ja estava acordado com as maos por baixo da cabeca, olhando para o teto. Parecia preocupado e perguntei se estava tudo bem. Me contou que conversou com a Suely por telefone e ela avisou que iria ficar mais tempo por la, porque queria ter certeza que sua mae ficaria totalmente recuperada. Passou a mão na minha bunda e falou:
- Ainda bem que vc esta aqui. Ficaria louco sozinho dentro desta casa.
- Eu sei o que vc quer seu tarado.- Falei sorrindo.
Levantei e fui para o banheiro. Estava tomando banho quando ele entrou, ficou me olhando e alisando a pica.
- Para Jorge. Vou ficar com vergonha vai, sai ai e me deixa tomar banho.
- Vergonha muleque?? Ta de sacanagem, né ? Depois de beber minha porra vc vai dizer que ta com vergonha?- Deu uma gargalhada.
Eu estava lavando minha bunda e quando olhei, o Jorge tava com a pica durona. Pra provocar virei minhas costas pra ele, ensaboei a mão e fiquei passando entre as minhas nadegas, alisando meu cuzinho que estava com saudades de receber uma linguada dele. Minha pica tambem ja estava duraça e adorei quando senti ele entrando no box, me abraçando, beijando meu pescoço, agarrando ela com sua mão.
- Lava bem este cuzinho, quero meter a lingua nele de novo.
Adorei ainda mais ouvir aquilo. Jorge colocou sua pica entre minhas pernas que estavam cheias de espumas e passou a socar nas minhas coxas.
- Vc vai pedir pra eu meter, Serginho?
- Não Jorge.
Ele continuava socando e beijando meu pescoço. Me deu uma chave de braco, enlaçando meu pescoço e colocou a cabeça da sua pica na abertura do meu cuzinho. Precionou e falou no meu ouvido:
- Pede Serginho. Pede pra eu meter.
- Nãaooo. Ja disse que não Jorge, me larga.- As palavras sairam da minha boca sem muita conviccão.
Com a outra mão segurou minha pica e passou a me punhetar. Sua pica transmitia um calor enorme que queimava meu cu e subia por todo meu corpo. Jorge empurrou um pouco mais e eu pude sentir a cabeça de sua pica tentar invadir meu rabo.
- Pede putinha!!! Pede logo que eu to doido pra meter.- Falou metendo a lingua na minha orelha.
Empinei a bunda empurrando meu corpo contra o dele e suspirei.
- Não puto, assim não. Vc vai ter que pedir.
Não aguentando mais de tanta vontade de entregar meu rabo pra ele fuder até me fazer gozar, quase implorei:
- Ta bom Jorge. Me fode, porra!!! Mete teu cacete no meu cu.
Assim que terminei de falar, senti a pica do Jorge me dilacerando, rasgando meu cu.
- Aaaiii Jorge. Paaaarrraaaa!!! Ta doendo, paaarra!!!
Era a mesma coisa de pedir pra ele continuar metendo. Entrou tudo e senti seus pentelhos na minha bunda.
- Pronto putinha!! To todinho dentro deste teu rabinho gostoso. Adeus cabaço !!!
- Ta doendo Jorge.
Ele deu uma rebolada, fez um vai e vem lento, ajustando melhor aquele pauzão dentro de mim fazendo a dor diminuir e o tesão voltar. Levantei mais meu rabinho e abri o mais que pude e o Jorge safado e esperto sacou na hora.
- Quer mesmo que eu tire putinha?
Passou a me fuder devagar, me punhetando devagar e me dando um chupão no pescoço. Cada socada dele meu tesão aumentava. Ainda doia, era incomodo tudo aquilo dentro de mim, mas ao mesmo tempo era delicioso. Dificil de explicar, mas delicioso de sentir.
- Mete Jorge. Mete maisss…
- Meu amor, te prometo que hoje vou te fazer a puta mais feliz deste mundo. Agora relaxa e abre essa bundinha pra ser descabaçada de verdade.
Segurei com as mãos minha bunda e abri pra ele. Sentia seu pauzão entrar todinho e sair até a cabecona. Cada socada me fazia ficar nas pontas dos pés, rebolando e mordendo seu pau com meu cuzinho. Descontrolado, gemia igual aquelas putas de filmes porno.
- Chora na minha jeba. Geme cadelinha.
Caralho! Eu não estava mais conseguindo ficar em pé, minhas pernas tremiam e com cada bombada eu gritava de dor e prazer. O Jorge urrou como um animal e me soltou, me fazendo cair no chão quase chorando sem entender como se podia sentir tudo aquilo junto. Achei por um momento que ele tinha gozado, mas ele me agarrou os cabelos, ficou batendo sua pica em meu rosto pra logo meter com força na minha boca. Minha garganta estava recebendo o mesmo tratamento que meu cuzinho recebeu me deixando enjoado a ponto de querer vomitar. Não ouvia o que ele falava, so sabia que era um montão de sacanagens fudendo minha boca sem parar. Eu tentava empurrar ele, ou ao menos controlar o quanto da sua pica entrava em mim. De repente ele ajoelhou na minha frente ainda agarrado em meus cabelos.
- Quer que eu pare Serginho?? Fala pra mim, vc quer que eu pare de te fuder meu putinho??
Eu estava ofegante, já meio fora de mim, fraco e todo dolorido, mas ainda não tinha gozado e estava maluco pra gozar com ele. Surpreendentemente, beijou minha boca chupando minha lingua me abraçou com um braço e meteu o dedo no meu rabo sem pena. Me dedava forazmente sem se afastar da minha boca, sugando todo o ar dos meus pulmoes.
- Quer que pare puto?
- Não Jorge. Quero vc, quero seu pau. Não para seu porra.
Nessa altura do campeonato eu já não tinha mais vergonha nenhuma e mandei ver nas sacanagens tambem.
- Vem meu macho, fode a sua puta, sua bichinha, sua sobrinha que agora sabe o que é um pau no cu. Vai, me arromba e goza até encher meu cu de porra!
O Jorge sorriu e foi me colocando de quarto. Ensaboou bastante meu cu metendo um dedo, depois dois. Se posicionou atras de mim, puxou meu cabelo fazendo minha cabeça pender e olhar pra cima, colocou a pica na portinha do meu cu e enfiou tudo de uma so estocada.
- AAAAAaaaahhhhhhhhhaaaaaiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!- Gritei o mais alto que pude.
Jorge deu uma gargalhada e passou a socar forte sua pica toda no meu cu. A mim so restava empinar a bundinha, abrir bem as pernas e aguentar a bombadas. O barulho de foda e nossos sussurros e gemidos ecoavam no banheiro. Fui deixando minhas pernas se abrirem mais ate ficar com o corpo no chão. Não dava pra ficarmos estendidos retos no piso molhado do box que não era tão grande e ficamos como duas rãs, com as pernas arreganhadas e grudados. O frio da agua no chão a minha frente se contrastava com o calor do seu corpo por tras. Jorge não parava um minuto, me fudia gostoso, como so um verdadeiro macho sabe fuder.
Meteu seu dedo na minha boca e eu passei a chupar, com meus olhos fechados, fantasiando que seu dedo era o pau de um outro macho fudendo minha boca. O contato do meu pau duro esfregando no piso escorregadio me fez gozar primeiro e mordi o dedo do Jorge. Ele gritava e metia mais forte, mais rapido no meu corpo quase desfalecido depois da melhor gozada da minha vida.
- Toma porra puto. Toma tudo no seu cuzinho Serginho. Toma toda minha porra no seu cuzinho.
Ele começou a gritar e a gozar. Senti seu pau inchar dentro de mim descarregando litros de porra parecendo ate que estava mijando dentro meu cu.
Ele me abraçou forte e prometeu que ia me comer todos os dias das minhas férias.
- Quero vc todos os dias. Quero meter neste cuzinho todos os dias e todas horas destas tuas ferias. Que tesão de cu Serginho!!! Eu ja estava de olho em vc desde seu aniversario de 15 aninhos, foi quando percebi sua bundinha linda e teu cheiro de viadinho incubado.
Aos poucos a pica dele amoleceu e saiu de dentro de mim. Senti seu esperma tambem sair do meu cuzinho descendo junto com a agua que caia sobre nos.
Ele não levantou de imediato, continuou deitado e apesar da posição não muito agradavel, eu estava adorando seu peso sobre mim, com seus bracos fortes me envolvendo. Tempos depois ele levantou e me ajudou a levantar, tomamos banho e fomos pra cama.
O Jorge era dono de uma academia e ligou para la avisando que estaria fora da cidade naquele dia. Eu olhava pra ele enquanto ouvia suas mentiras com uma cara safada, sorrindo.
Depois ligou para a Suely e ficou dizendo o quanto sentia saudades dela, falou que eu não parava em casa mas disse que iria me pedir pra ficar ate ela voltar pra lhe fazer companhia, disse tambem que ja estava pra correr louco na seca, so gozando na punheta. Pelo que percebi eles passaram a falar sacanagens e vi seu pau endurecer de novo, não resisti e comecei a chupa-lo.
- Ohhh minha neguinha! To alisando meu pau agora e pensando em sua boca, chupando e engolindo meu cacetão que vc adora.
Ouvia o Jorge falar com a Suely e isso me fazia sentir uma mistura de culpa, tesão e medo de ser descoberto de alguma maneira. Mesmo assim chupava deixando ele bem babado, da maneira que ele adorava.
-“To deitado na cama pelado”
“ Claro meu amor, ta duraço, ta aqui babando de vontade de entrar na sua bucetinha”
"Su, to sentindo vc me chupando, to sentindo sua lingua descer para meu saco."
Eu ia colocando em pratica as coisas que ele falava para a esposazinha pelo telefoone.
- Aiii Su, so vc chupa meu pau gostoso assim. So vc que me deixa louco minha neguinha.
“ Hummm. To sentindo vc subindo em mim neguinha, ja posso sentir o calor da sua bucetinha no meu pau”
Assim eu fiz, sentei nele com seu pau entre minhas nadegas e rebolei.
“Sim neguinha. Rebola mais, me deixa taradão pra meter em vc.”
Meu cu estava super dolorido, mas eu não podia deixar passar aquela oportunidade de sentir aquele prazer louco.
Coloquei sua pica na entradinha do meu cu e fui soltando o corpo, deixando ele entrar bem devagar.
“ Ai Su. Sua bucetinha ta engolindo minha pica. Aiii que tesão meu amor.”
Comecei a cavalgar, rebolando, subindo e descendo, sem desviar meus olhos dos dele.
“Eu te amo minha putinha. Ai que delicia. Pula no cavalinho, pula!!”
E eu pulava. Mordia meus labios pra não fazer nem um pequeno barulho e cavalgava no meu garanhão. Ele fantasiava e falava para a Suely e eu fazia a fantasia se realizar. Toda e qualquer sacanagem que ele falava me dava mais tesão.
“Oh meu amor, to chegando perto. Vou gozar. Sua bucetinha quente vai ficar cheia de porra.”
“Vai meu amor, mais rapido minha neguinha, minha putinha linda.”
Ele gozou arranhando minha coxa com suas unhas. Sentindo meu cuzinho morninho cheio da porra dele tambem gozei e mordi minha mão pra nao gritar.
“Ohhhhhhh!!! Oh minha putinha. Te amo, te amo, te amo.”
Eu deitei sobre ele, abracei recostando minha cabeça em seu ombro. Jorge ainda ficou mais um tempinho no telefone com a Suely enquanto eu acariciava seu rosto, seus olhos. Quando desligou me abraçou e me deu outro super beijo.
- Vc é demais minha putinha. Muito maluco foi essa foda, adorei. Quase chamei seu nome varias vezes.
- Então vc tava falando aquelas coisas pra mim tambem??
- Talvez.- Respondeu sorrindo.
Passamos o dia inteiro namorando, sem desgrudar um do outro por um momento.
Depois daquele dia fiquei o tempo todo com as chaves do carro para ir e voltar quando bem quisesse. Ele ate passou a me dar uma grana para que eu fosse passear um pouco. Jorge fodia meu cuzinho todos os dias pela manha, antes de ir para a academia e a noite pra depois dormimos juntinhos.
Passei a olhar os outros caras com olhos diferentes, não parei de sentir atracão por mulher e ate comi uma gatinha so pra me certificar que conseguiria numa boa e foi maravilhoso. Mas não consegui resisti, dei meu cuzinho para uns camaradas de surf e ate para um negão que trabalhava numa barraquinha onde vendia água de coco.
Minhas ferias foram maravilhosas, acabei passando um mês e meio por la e no dia que a Suely chegaria eu parti.
Já fazem dois anos que não vejo o Jorge, nos falamos por telefone algumas vezes, mas nuca mais tivemos a oportunidade de nos encontrar. Vou ficar de ferias da Faculdade por dois meses, começando na próxima semana. O Jorge mandou a Suely passar uns dois meses na casa da mãe no interior do Ceara e ela adorou o presente. Estou ansioso pra rever o Jorge e ser fudido de novo por um macho de verdade.

50 comentários:

  1. Olá, Adorei o relato. Não sei se tem verdade, mas foi realmente delicioso, pude viver cada momento e me colocar no lugar dos dois.
    Eu adoraria ter um amigo como o Jorge.
    Sou um homem cinquentão, casado e sonho em encontrar um amigo para vivermos momentos como os narrados.
    Moro em Brasília DF.
    Meu contato. julio-1956@outlook.com
    Júlio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou 50entao casado 21cm de pau gosto de mulher e de homem adoro um coroa no sexo faco tudo sou versatil email --dotado21cm@ovi.com.so peco sigilo

      Excluir
    2. olá...gostaria de contacta-lo e-mail Daniel.miranda.2012@hotmail.com

      Excluir
    3. ops...essa mensagem e pra vc dotado21cm@ovi.com

      Excluir
  2. MEU CARO JULIO ... TAMBÉM GOSTEI DE MAIS DESSE CONTO .... E POR ESSE MOTIVO EU COLOQUEI ELE NO BLOG ... OLHA QUE EU TIVE QUE RESUMIR ...CORTAR PARTES POIS ERA MUITO GRANDE ... SÃO 3 PARTES E RESUMI EM UMA SÓ .... E ASSIM COMO VOCÊ EU TAMBÉM FIQUEI MUITO EXCITADO ... POSTAREI MAIS COM CERTEZA ...UM GRANDE ABRAÇO

    MODERADOR: RIQUE♥

    ResponderExcluir
  3. nossa adorei esse conto sou louco por homens maduros nao cinto atraçao nenhuma por jovens e busco um maduro discreto pois nao sou assumido moro em MG si tiver algum maduro afin de min conhecer melhor vou deichar aki o imail de minha conta google byboy05@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. ha ja ia me esquecendo tenho 29 anos cabelos pretos olhos castanhos claros 1.75 de altura sou flex busco homem maduro e discreto

    ResponderExcluir
  5. oi, eu tenho 16, 1.75 de altura e adorei a relato. adoraria ter alguém como o jorge ou de qualquer idade. moro em forfaleza. Email: jpvmf@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá garoto gostaria de ligar para seu celular pode ser . tenho 49 anos poderia fazer o papel do Jorge se assim você deixasse. Como você é? qual bairro você mora. Sou casado, mas gostaria de tentar fazer essa curiosidade de ir pra cama com um gatinho para sentir essa loucura de comer uma bundinha da forma do sobrinho do Jorge.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou de manaus...meu e-mail Daniel.miranda.2012@hotmail.com

      Excluir
    2. Oi coroa gato! Gostaria de ter um tio como o Jorge pra me comer! Me escreva: discreto.passivo80@gmail.com

      Quero te conhecer! Beijosss

      Excluir
    3. sou negro, 32 anos, 1,80 84kg. quero te conhecer. adoro coroa negro_style81@hotmail.com

      Excluir
  7. mega excitante,estou indo pra buzios,me apresenta seu tio.

    ResponderExcluir
  8. Adorei a primeira foto. Isso é tudo de bom. Eu gostaria de ter um pau desse no meu bumbum todas as noites!

    ResponderExcluir
  9. quero um maduro como o jorge para mim tenho 16 moro e me jlle sc e quiero tem algum maduro ai?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ter até tem, esfolaria seu cuzinho depois de umas belas chupadas e enfiadas de lingua

      Excluir
  10. Adorei a historia daria um belo livro erótico mais acho que teria que dizer que é uma ficção por que pelo contrario seria pedofilia e as pessoas em questão poderiam se identificar com o livro MUITO BOM...
    =-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
    Loved the story would make a beautiful erotic book but I think it would have to say it is a fiction that the contrary would be pedophilia and people in question could relate to the book VERY GOOD ...

    ResponderExcluir
  11. tem algum gordo de ribeirao preto

    ResponderExcluir
  12. Ai que tesão de tio gozei demais lendo e conto meu cuzinho ficou piscando sou branco casado e virgem doidinho para dar meu cu se algem tiver afim me add. elciodivi@yahoo.com.br sou de Juiz de Fora Mg.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sou do rj , casado 56 anos. Estou a procura de alguém. gostei de vc

      Excluir
    2. Tbm sou do RJ e fiquei interessado em vc. Meu contato 8649 2007. Meu nome é Eduardo. Forte abraço!!!!!!!

      Excluir
    3. Oi vcs do RJ que querem comer um cuzinho, sou casado, discreto, tenho 48 anos, virgem mas tenho a fantasia de ser comido bem gostoso por um macho, se alguém se intgeressar entre em contato...viajante1000@msn.com

      Excluir
  13. tive um macho assim , um tesao de homem metemos como dois faunos aqui em casa , oh saudade viu !!!!

    ResponderExcluir
  14. Adorei o conto, sou novinho e to afim de experimentar um coroa gostosao. Se tiver afim me manda um sms pro cel 048 - 9671-7592

    ResponderExcluir
  15. Muito legal, muito excitante; soquei bem umas quatro!!!

    ResponderExcluir
  16. Que história maravilhosa... sou casado com mulher, tenho 31 anos moreno e fiquei louco de vontade de repetir o mesmo feito que o Serginho.
    Goiano-peludo

    ResponderExcluir
  17. Doido para leva uma surra de uma pica de coroa pauzudo, tenho 18 anos meu cu ta piscando. Me envie mensagem caso se encaixe no perfil 6992097724

    ResponderExcluir
  18. Eu ja fui comido pelo meu vizinho jobson.
    ja fiz sacanagem com meu vizinho jaison debaixo do lençol na casa dele, eu ficava acariciando e chupando sua pica grande.
    Ja fiz sexo com os meus amigos que jogavam futebol, eles faziam fila para me enrabar.
    Com o meu irmao, de 10 anos eu chupava ele.

    ResponderExcluir
  19. meu nome e jorge so de são luis do maranhão sou um novinho mais sei fazer de tudo quero um bem maduro pra fazer sexo comigo tenho so 15 anos mais eu aposto q faço vc pira

    ResponderExcluir
  20. Sou homem maduro coroa casado.Estou a fim de dar muito.Quero conhecer um macho pra pirar de tanta tesão e gozar muito quando eu cavalgar e rebolar no seu pintão. Quero ser comido ,ser lambuzado de porra e levar mijada dentro do cu e na boca. Sou de BH, deixe contato que eu respondo imediatamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. contato é henrique3614@outlook.com aguardoo

      Excluir
  21. Sou macho casado, loiro, carecao, 48 anos, 1.73 73 kg corpo em forma, rola de 17cm curto comer machos casados sexo seguro sem compromisso, sem pegação no pe. Moro em Curitiba, mas estou sempre em Balenario Camboriu. cassios@hotmail.com

    ResponderExcluir
  22. Sou macho casado coroa e quero ser passivo.Procuro homem pra me comer e me fudê bastante.Será a minha primeira vez ,tenho uma vontade louca de deitar debaixo de um macho bem pirocudo. Deixe Tel ou e-mail sou de BH-MG

    ResponderExcluir
  23. Eu com um pauzão desses enfiado no meu cuzinho iria a delirios , vem comer esse cuzinho gatão vem . Quero que vc encha meu rabo com tua pôrra todinha .

    ResponderExcluir
  24. Adorei a hisptoria gostaria que um dia acontecesse comigo, mais é isso ai galera adoro negão viu meu skpe: raisilva_tome@hotmail.com
    Se alguem quiser uma aventura como essa estou disponivel pelo watzapp: +55 9292303548

    ResponderExcluir
  25. nossa q sonho este jorjão.....adorei como ele comeu a putinha dele e queria ser avadiazinha dele tb..sou casado, maduro e passivo...coroas me adicionem casadohomembi@hotmail.com

    ResponderExcluir
  26. sou casado tenho 59 anos, ainda não dei pra ninguém, mas tenho muita vontade de começar. quero começar com alguém do pinto pequeno. digisoncursos@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  27. Tenho 18 anos, moro no ceará e sou ativo. Atras de um coroa, algum se habilita? Tá aqui o meu e-mail jnisabella4045@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  28. Procuro um homem de 18 a 20 anos ativo carinhoso romântico e fiel, estou a procura de um relacionamento serio sou de nova Odessa SP tenho 15 anos sou passivo e discreto quem me quiser deixa seu whatsapp ou link do facebook! Obs: se quiser eu tem que morar perto de mim uns 50km no máximo eu não vou dormir na sua casa mais vou pra cama com vc claro, e se quiser que eu vou na sua casa vc tem que vim aqui onde eu moro pra ir na sua casa sem ninguém saber eu não vou ficar pegando ônibus pra ir ai na sua casa se quiser eu aceite o jeito que eu sou sem querer ser chato ou folgado de mais, pois eu tenho 15 anos e não quero falar pra ninguém que sou gay pelo menos por enquanto não e não posso dormir na sua casa espero que vc me entenda! Não aceito homens que fumam bebem que é traficante e que usa drogas e que é bi ou casado ou tem outro e ta traindo comigo isso eu não aceito, que isso fique bem claro! Obrigado! Deixe seu whatsapp e facebook! :)

    ResponderExcluir
  29. Procuro um maduro entre 30 a 40 anos sou virgem sinto tesão por homens maduros.add skype:anom223

    ResponderExcluir
  30. ola eu adoraria ter uma pessoa igual o jorge pra me comer ,sou virgem e adoro coroas contato por e-mail fabiopereirinha493@gmail.com e tambem estou disponivel no whats app

    ResponderExcluir
  31. Tenho 18 anos, moro no ceará sou discreto e ativo. Gosto de coroas, algum se habilita? Tá aqui o meu e-mail marciodanielifce@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  32. Olá sou branco 1 metro e 62 centímetros de altura 62 quilos 56 anos moro em ribeirão preto adoro sexo comer uma bundinha deixe recado jbsosa@hotmail.com abraço...

    ResponderExcluir
  33. Maravilhoso o conto. Me senti no lugar do Serginho, pois já fui comido desse jeito. Hoje tenho muita saudade desse tempo e de não ter aproveitado mais, pois quando a gente é franguinho todo mundo quer meter no nosso cuzinho. Depois abandona e a gente fica só na punheta. Hoje sinto falta de um caralhão no cú. Qualquer hora vou contar minha história que começou aos 10 anos com um carinha chamado Zeca, um dos maiores comedores de cú que eu conheci. Ele me comeu até meus 20 anos todos os dias.

    ResponderExcluir
  34. Sou macho coroa super simpático.Procuro um macho que goste e tenha muita tesão em ser chupado,bem mamado e sugado.Sou desde 15 anos de idade um boca na rola, chupo qualquer rola de um ou mais homens em grupo. Podem esporrar em mim a vontade em qualquer lugar do meu corpo, amo o cheiro de pau ardido do macho fudedor e adoro mijadas também principalmente dentro do meu cu, gosto do mijo quente saindo do meu cu e escorrendo pelas minhas pernas abaixo....

    ResponderExcluir
  35. SIM EU GOSTEI DE TUDO QUE ESTA ESCRITO AQUI ,,, POIS SOU UM COMEDOR DE CU , DE COROA E NOVINHO ,NÃO IMPORTA A IDADE , QUERO COMER VOCES TODOS ,,,QUERO ARREBENTAR O CU DO JORGE MAIS O SERGINHO ,,,
    ASSINADO
    O MAIOR COMEDOR DE CÚ DE SÃO PAULO ....

    ResponderExcluir
  36. Eu adoro coroas ursos e negros em geral quanto mais safado melhor; ainda mais se forem casados, curiosos adoro mama-los demoradamente profundamente, sem pressa ,fazê-los gemer e se contorcer de prazer ao receber meu boquete garganta profunda ,engulo toda a vara do macho até os bagos ,fico olhando pra sua cara de safado enquanto saboreio sua rola ,eu tenho 37 anos recém divorciado (hètero),másculo, se vc quiser real adoro mamar até o macho gozar no fundo da minha garganta engulo toda a gala cremosa, quente e nutritiva;curto sem envolvimento algum seja ele afetivo ou financeiro, tenho taras por coroas, negros, carecas, peludos, baixinhos, gordinhos ou parrudos ,negros, mulatos, senhores distintos com discrição e segurança tá afim entra em contato eu moro na capital dos gaúchos Porto Alegre-Centro,em breve morando no centro de São Leopoldo ,quero fazer boquete em macho casado,safado,curioso você quer experimentar um boquetão garganta sedenta e profunda ,quente,macia até o talo ou seja até os bagos sem pressa bem babada,adoro ver e sentir o macho se contorcendo de tesão,liberando todas suas tensões e preocupações numa gozada profunda e gostosa lá na minha goela,adoro satisfazer o macho,observá-lo ser absolutamente submisso a ele,sem envolvimento afetivo ou emocional ,pelo tesão,prazer e sem envolvimento financeiro sem dinheiro em hipótese alguma,com discrição,segurança e sigilo.. Se você quer sair da rotina do seu relacionamento sem qualquer envolvimento entre em contato: fones:51-9566-7408 vivo; 9276-4182 claro; 8426-7061 oi Adoraria mamar vários machos ao mesmo tempo 3,4 ou 5 juntos,grupo de amigos, enfim ,também gostaria de poder satisfazer todas as suas fantasias mais intimas . aguardo seu contato com discrição e segurança; um forte abraço á todos. Renato

    ResponderExcluir
  37. Delicia de história, sou garotão de 23 anos, rabao liso, e muito carente, de Belém.
    Tenho maior vontade de ter um paizao assim do rolao p meter muito no filhote dele.
    Se tiver alguem interessado em uma boa amizade e sexo manda skype:

    dadnboy@outlook.com

    ResponderExcluir
  38. Gosto muito dess contos se tiver um pai ou tio maduro dr curitiba fe pau grande e grosso mand sms adoro grosso e grande 4199988960

    ResponderExcluir